domingo, 14 de maio de 2017

Lewis Hamilton vence na Espanha

Britânico vence a segunda na temporada e esquenta briga pela liderança com Sebastian Vettel e a Ferrari

Com uma largada movimentada, o ferrarista assumiu a ponta, enquanto Valtteri Bottas tocou em Kimi Raikkonen, que ao sair da pista, ainda tocou na Red Bull da Max Verstappen, tirando ambos da disputa. O finlandês da Mercedes também ficou pelo caminho, com problemas no motor, mas contribuiu para a vitória do competidor inglês, ao segurar Vettel por algumas voltas. O toque entre a McLaren de Stoffel Vandoorne e a Williams de Felipe Massa tirou o belga da prova, e provocou a única intervenção de safety car na pista, mesmo sendo virtual. Isso ajudou a selar o destino da prova, quando Hamilton voltou lado a lado com Vettel, deixando o piloto da flecha de prata na dianteira. O australiano Daniel Ricciardo garantiu o primeiro pódio neste ano, com a 3ª colocação.

O destaque das outras equipes ficou com a Force India. Cotada para ser vendida para um eventual retorno da Brabham, a escuderia indiana segue fazendo um bom trabalho, e com a 4ª posição de Sergio Perez e o 5º posto do francês Esteban Ocon, deixou o time hindu entre as quatro melhores no mundial de construtores. Nico Hulkenberg teve mais uma atuação sólida, levando a Renault ao 6º lugar. A Toro Rosso, apesar do mau desempenho da classificação, levou os dois carros aos pontos. Correndo em casa, o espanhol Carlos Sainz Junior chegou em 7º, e Daniil Kvyat, que largou em último, foi o 9º, ganhando mais dois pontos.

O alemão Pascal Wehrlein, com apenas uma troca de pneus, foi muito bem, cruzando a linha de chegada em 8º lugar, garantindo os primeiros pontos da Sauber em 2017. A equipe suíça passará a contar com os motores da Honda na próxima temporada, e utilizará também a caixa de câmbio do time de Woking. Romain Grosjean somou o último ponto, terminando na 10ª posição. As grandes decepções em Barcelona foram McLaren e Williams, sendo as únicas equipes a não pontuar em solo espanhol. O asturiano Fernando Alonso, 7º colocado na classificação, foi prejudicado pelos incidentes na primeira curva, e ficou apenas em 12º, sofrendo com a falta de potência dos propulsores janoneses. A equipe inglesa é a única que não pontou na atual temporada e ocupa a última posição entre no campeonato de construtores, um fato histórico para a outrora grande. O time de Grove também caiu bastante de produção nas últimas corridas, vendo os dois pilotos ultrapassado pelo carro de Alonso nas voltas finais, que possui um motor com desempenho bem abaixo em termos de potência.

Resultados:
Pole: Lewis Hamilton, Mercedes
Melhor Volta: Lewis Hamilton, Mercedes

Corrida:
1º) Lewis Hamilton, Mercedes
2º) Sebastian Vettel, Ferrari
3º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
4º) Sergio Perez, Force India Mercedes
5º) Esteban Ocon, Force India Mercedes
6º) Nico Hulkenberg, Renault
7º) Carlos Sainz Junior, Toro Rosso Renault
8º) Pascal Wehrlein, Sauber Ferrari
9º) Daniil Kvyat, Toro Rosso Renault
10º) Romain Grosjean, Haas Ferrari

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Sebastian Vettel, 104 pontos
2º) Lewis Hamilton, 98 pontos
3º) Valtteri Bottas, 63 pontos
4º) Kimi Raikkonen, 49 pontos
5º) Daniel Ricciardo, 37 pontos
6º) Max Verstappen, 35 pontos
7º) Sergio Perez, 34 pontos
8º) Esteban Ocon, 19 pontos
9º) Felipe Massa, 18 pontos
10º) Carlos Sainz Junior, 17 pontos
12º) Nico Hulkenberg, 14 pontos
14º) Romain Grosjean, 5 pontos
13º) Kevin Magnussen, 4 pontos
14º) pascal Wehrlein, 4 pontos
16º) Daniil Kvyat, 4 pontos

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 161 pontos
2º) Ferrari, 153 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 72 pontos
4º) Force India Mercedes, 53 pontos
5º) Toro Rosso Renault, 21 pontos
6º) Williams Mercedes, 18 pontos
7º) Renault, 14 pontos
8º) Haas Ferrari, 9 pontos
9º) Sauber Ferrari, 4 pontos

Nenhum comentário:

Postar um comentário