domingo, 13 de maio de 2018

Lewis Hamilton vence na Espanha

Inglês domina em solo espanhol e Mercedes chega a primeira dobradinha na temporada

Mesmo com Valtteri Bottas perdendo a vice-liderança para Sebastian Vettel na primeira curva e com Max Verstappen arriscando apenas uma passagem pelos boxes, as flechas de prata mostraram força em Montmeló, retornando a dianteira entre as equipes também.

A única passagem do carro de segurança ocorreu após uma rodada do Haas de Romain Grosjean, que evitou uma batida com o companheiro de equipe, mas rodopiou e atingiu a Renault de Nico Hulkenberg e a Toro Rosso de Pierre Gasly, deixando os três fora da disputa.

Depois de quatro voltas, a disputa voltou ao normal, e ocorreu um safety car virtual na volta 42, por mais três giros. O atual campeão só não esteve na dianteira quando precisou trocar os pneus, deixando o holandês da Red Bull na frente. Após as trocas, o finlandês Bottas assumiu o 2º posto, seguido pelo competidor batavo, que completou o pódio. Para a Ferrari, acabou sendo um final de semana abaixo do programado. Com problemas no carro, Kimi Raikkonen ficou pelo caminho, enquanto Vettel voltou a ficar com a 4ª posição. Daniel Ricciardo legou o outro carro rubrotaurino em 5º lugar.

A Haas, mesmo com a saída de Grosjean, que segue sem pontos e muito contestado, a equipe ianque somou oito pontos com o dinamarquês Kevin Magnussen. Os pilotos da casa conseguiram ficar entre os oito melhores, com Carlos Sainz Junior cruzando a linha de chegada com a Renault a frente de Fernando Alonso, que mesmo com a McLaren andando abaixo do esperado, segue pontuando em todas as etapas, enquanto o belga Stoffel Vandoorne abandonou pela primeira vez na temporada.

Fechando a zona de pontuação, o mexicano Sérgio Perez, de Force India, e Charles Leclerc com a Sauber, em mais uma atuação positiva do piloto monegasco.

Mesmo 

Resultados:

Pole: Lewis Hamilton, Mercedes
Melhor Volta: Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer

Corrida:
1º) Lewis Hamilton, Mercedes
2º) Valtteri Bottas, Mercedes
3º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
4º) Sebastian Vettel, Ferrari
5º) Daniel Riccardo, Red Bull TAG Heuer
6º) Kevin Magnussen, Haas Ferrari
7º) Carlos Sainz Junior, Renault
8º) Fernando Alonso, McLaren Renault
9º) Sergio Perez, Force India Mercedes
10º) Charles Leclerc, Sauber Alfa Romeo

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Lewis Hamilton, 95 pontos
2º) Sebastian Vettel, 78 pontos
3º) Valtteri Bottas, 58 pontos
4º) Kimi Raikkonen, 48 pontos
5º) Daniel Ricciardo, 47 pontos
6º) Max Verstappen, 33 pontos
7º) Fernando Alonso, 32 pontos
8º) Nico Hulkenberg, 22 pontos
9º) Kevin Magnussen, 19 pontos
10º) Carlos Sainz Junior, 19 pontos
11º) Sergio Perez, 17 pontos
12º) Pierre Gasly, 12 pontos
13º) Charles Leclerc, 9 pontos
14º) Stoffel Vandoorne, 8 pontos
15º) Lance Stroll, 4 pontos
16º) Marcus Ericsson, 2 pontos
17º) Esteban Ocon, 1 ponto
18º) Brendon Hartley, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 153 pontos
2º) Ferrari, 126 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 80 pontos
4º) Renault, 41 pontos
5º) McLaren Renault, 40 pontos
6º) Haas Ferrari, 19 pontos
7º) Force India Mercedes, 18 pontos
8º) Toro Rosso Honda, 13 pontos
9º) Sauber Alfa Romeo, 11 pontos
10º) Williams Mercedes, 4 pontos

domingo, 29 de abril de 2018

Lewis Hamilton vence no Azerbaijão

Britânico conta com a sorte para vencer em Baku

Assim como ano passado, a etapa em Azerbaijão contou com inúmeras emoções e batidas que alteraram o quadro final da disputa. Logo na volta de abertura, a dupla da Force India se tocou na primeira curva, e metros mais tarde, Esteban Ocon tocou com a Ferrari de Kimi Raikkonen, batendo, enquanto Sergey Sirotkin tocou com a McLaren de Fernando Alonso e a Renault de Nico Hulkenberg. O piloto alemão vinha disputando com a dupla da Red Bull, quando tocou no muro e quebrou a suspensão. As três melhores equipes tinham tudo para ocupar os seis primeiros lugares, mas na volta 40, uma batida entre a dupla rubrotaurina mudou o destino da prova, tirando ambos da corrida.

Durante a segunda intervenção do safety car, Romain Grosjean se perdeu e acabou batendo no muro, perdendo um 6º lugar, seguindo sem pontos no campeonato. Aproveitando-se da sorte, Valtteri Bottas assumiu a dianteira, mas faltando duas voltas para o final, o finlandês passou por cima de um detrito na pista, tendo o pneu traseiro direito furado, ficando fora da prova, enquanto Sergio Perez superava Sebastian Vettel.

Com isso, Lewis Hamilton assumiu a ponta, seguido por Raikkonen, enquanto Perez completou o pódio. Vettel perdeu a liderança entre os pilotos, mas a Ferrari voltou a liderar entre as equipes. Carlos Sainz Junior, com uma atuação bem competitiva, levou a Renault ao 5º lugar. Outro destaque do final de semana foi o monegasco Charles Leclerc, levando a Sauber ao 6º posto. O canadense Lance Stroll levou a Williams ao 8º lugar, garantindo os primeiros pontos ao time de Grove na temporada, mesmo se mantendo em último entre os construtores. Contando com a sorte e os abandonos e contratempos de outros competidores, a McLaren voltou a pontuar com os dois carros. Com Alonso chegando na 7ª posição e o belga Stoffel Vandoorne em 9º, cabendo ao neozelandês Brendon Hartley completar a zona de pontuação, ficando com um tento.

Em cinco etapas, apenas o francês Romain Grosjean e o russo Sergey Sirotkin ainda não somaram ponto, e entre os construtores, todas as equipes já pontuaram.


Resultados:

Pole: Sebastian Vettel, Ferrari
Melhor Volta: Valtteri Bottas, Mercedes

Corrida:
1º) Lewis Hamilton, Mercedes
2º) Kimi Raikkonen, Ferrari
3º) Sergio Perez, Force India Mercedes
4º) Sebastian Vettel, Ferrari
5º) Carlos Sainz Junior, Renault
6º) Charles Leclerc, Sauber Alfa Romeo
7º) Fernando Alonso, McLaren Renault
8º) Lance Stroll, Williams Mercedes
9º) Stoffel Vandoorne, McLaren Renault
10º) Brendon Hartley, Toro Rosso Honda

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Lewis Hamilton, 70 pontos
2º) Sebastian Vettel, 66 pontos
3º) Kimi Raikkonen, 48 pontos
4º) Valtteri Bottas, 40 pontos
5º) Daniel Ricciardo, 37 pontos
6º) Fernando Alonso, 28 pontos
7º) Nico Hulkenberg, 22 pontos
8º) Max Verstappen, 18 pontos
9º) Sergio Perez, 15 pontos
10º) Carlos Sainz Junior, 13 pontos
11º) Pierre Gasly, 12 pontos
12º) Kevin Magnussen, 11 pontos
13º) Charles Leclerc, 8 pontos
14º) Stoffel Vandoorne, 8 pontos
15º) Lance Stroll, 4 pontos
16º) Marcus Ericsson, 2 pontos
17º) Esteban Ocon, 1 ponto
18º) Brendon Hartley, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Ferrari, 114 pontos
2º) Mercedes, 110 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 55 pontos
4º) McLaren Renault, 36 pontos
5º) Renault, 35 pontos
6º) Force India Mercedes, 16 pontos
7º) Toro Rosso Honda, 13 pontos
8º) Haas Ferrari, 11 pontos
9º) Sauber Alfa Romeo, 10 pontos
10º) Williams Mercedes, 4 pontos

domingo, 15 de abril de 2018

Daniel Ricciardo vence na China

Red Bull aproveita entrada do carro de segurança para ganhar a primeira na temporada

O piloto australiano contou com a estratégia do time austríaco para faturar em solo chinês. Na única entrada do safety-car, na volta 31, após um toque entre a dupla da Toro Rosso, com o bólido do francês Pierre Gasly deixando pedaços na pista, os rubrotaurinos chamaram ambos os competidores nos boxes para colocar pneus macios, possibilitando que recuperassem e superassem as duplas de Ferrari e Mercedes. Max Verstappen ficou com o 5º lugar, pois ainda teve acrescidos 10 segundos no tempo final de prova, por conta do toque com o alemão Sebastian Vettel. Para o tedesco, que liderava a disputa, foi um saldo negativo, pois teve o desempenho comprometido, ficando apenas com o 8º posto. Lewis Hamilton teve uma atuação apagada, cruzando a linha de chegada onde largou, na 4ª colocação. O pódio foi completado pela dupla finlandesa, com Valtteri Bottas segurando Kimi Raikkonen nos giros finais.

Quarta força durante o final de semana, a Renault pontuou com os dois pilotos. Nico Hulkenberg terminou na 6ª posição, enquanto o espanhol Carlos Sainz Junior ainda chegou perto de Vettel, somando mais dois pontos para a escuderia gaulesa. A McLaren, mesmo sem novamente chegar a fase final da classificação, ainda garantiu um 7º lugar com o asturiano Fernando Alonso, com um rendimento ainda bem abaixo dos padrões para a equipe de Woking. Kevin Magnussen ainda somou o último ponto, sendo o único competidor da Haas com pontuação, enquanto Romain Grosjean ainda segue zerado.

No pelotão da frente, Vettel tinha uma vantagem razoável, mas a tática dos germânicos deixou os ferraristas e as flechas de prata em situação desfavorável. No bloco intermediário, a Renault foi a melhor, enquanto a McLaren claramente mostra um desempenho ainda ruim nas classificações, mas tem somado pontos nas corridas. A Haas vem andando forte nesse início de ano, enquanto a Force India até chegou a disputar com as outras três escuderias, mas ainda vem abaixo do desempenho mostrado em 2017, quando os indianos eram a quarta força.


Resultados:

Pole: Sebastian Vettel, Ferrari
Melhor Volta: Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer

Corrida:
1º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
2º) Valtteri Bottas, Mercedes
3º) Kimi Raikkonen, Ferrari
4º) Lewis Hamilton, Mercedes
5º) Nico Hulkenberg, Renault
6º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
7º) Fernando Alonso, McLaren Renault
8º) Sebastian Vettel, Ferrari
9º) Carlos Sainz Junior, Renault
10º) Kevin Magnussen, Haas Ferrari

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Sebastian Vettel, 54 pontos
2º) Lewis Hamilton, 45 pontos
3º) Valtteri Bottas, 40 pontos
4º) Daniel Ricciardo, 37 pontos
5º) Kimi Raikkonen, 30 pontos
6º) Fernando Alonso, 22 pontos
7º) Nico Hulkenberg, 22 pontos
8º) Max Verstappen, 18 pontos
9º) Pierre Gasly, 12 pontos
10º) Kevin Magnussen, 11 pontos
11º) Stoffel Vandoorne, 6 pontos
12º) Carlos Sainz Junior, 3 pontos
13º) Marcus Ericsson, 2 pontos
14º) Esteban Ocon, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 85 pontos
2º) Ferrari, 84 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 55 pontos
4º) McLaren Renault, 28 pontos
5º) Renault, 25 pontos
6º) Toro Rosso Honda, 12 pontos
7º) Haas Ferrari, 11 pontos
8º) Sauber Alfa Romeo, 2 pontos
9º) Force India Mercedes, 1 ponto

domingo, 8 de abril de 2018

Sebastian Vettel vence no Bahrein

Piloto da Ferrari vence após segurar pressão de Bottas nos giros finais

Mesmo com os pneus desgastados, o alemão segurou a pressão do finlandês Valtteri Bottas para vencer a segunda no ano. O único ponto negativo para a escuderia de Maranello foi o erro na troca de Kimi Raikkonen, que deixou um dos auxiliares lesionado e tirou o nórdico da disputa, tirando pontos dos italianos. Mesmo largando no meio do pelotão, Lewis Hamilton ainda levou o outro Mercedes para o pódio.

Para a Red Bull, foi um final de semana para esquecer. Depois de bater na segunda fase da classificação, Max Verstappen teve problemas logo na primeira curva, quando teve um toque com Hamilton e saiu com um pneu furado, enquanto na segunda volta, Daniel Ricciardo ficou pelo caminho por problemas eletrônicos. Dos rubrotaurinos, quem salvou foi o francês Pierre Gasly, que terminou em 4º lugar, dando a Honda o melhor resultado desde o retorno dos japoneses em 2015. Os propulsores nipônicos tiveram um ótimo rendimento em solo barenita e tiveram uma atuação sólida com o piloto francês, que também garantiu os primeiros pontos na Fórmula 1. Outra equipe a andar bem e confirmar um bom início de campeonato foi a Haas, com a 5ª posição do dinamarquês Kevin Magnussen. Como na Austrália, a McLaren conseguiu levar os dois carros aos pontos, com Fernando Alonso ficando com o 7º posto, a frente do belga Stoffel Vandoorne. A Renault somou oito pontos com o tedesco Nico Hulkenberg, que segurou a pressão do asturiano na parte final da disputa.

A Sauber, com uma estratégia eficiente do sueco Marcus Ericsson, garantiu dois pontos ao time suíço, mostrando a melhora dos helvéticos após a parceria com a Ferrari e a Alfa Romeo. Fechando a zona de pontuação, o gaulês Esteban Ocon garantiu um tento para a Force India após superar Carlos Sainz Junior nos instantes finais. Após duas etapas, apenas a Williams ainda não pontuou. Fica o registro o mau começo da equipe de Grove. Mesmo possuindo o motor mais potente, os ingleses não conseguiram construir um carro competitivo e largaram com os dois competidores nas três últimas colocações, e terminando a prova com os piores lugares entre os que cruzaram a linha de chegada. O time liderado por Frank Williams corre o risco de terminar em último entre as equipes, o que seria muito ruim para o outrora competitivo escrete.

Resultados:

Pole: Sebastian Vettel, Ferrari
Melhor Volta: Valtteri Bottas, Mercedes

Corrida:
1º) Sebastian Vettel, Ferrari
2º) Valtteri Bottas, Mercedes
3º) Lewis Hamilton, Mercedes
4º) Pierre Gasly, Toro Rosso Honda
5º) Kevin Magnussen, Haas Ferrari
6º) Nico Hulkenberg, Renault
7º) Fernando Alonso, McLaren Renault
8º) Stoffel Vandoorne, McLaren Renault
9º) Marcus Ericsson, Sauber Alfa Romeo
10º) Esteban Ocon, Force India Mercedes

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Sebastian Vettel, 50 pontos
2º) Lewis Hamilton, 33 pontos
3º) Valtteri Bottas, 22 pontos
4º) Fernando Alonso, 16 pontos
5º) Kimi Raikkonen, 15 pontos
6º) Nico Hulkenberg, 14 pontos
7º) Daniel Ricciardo, 12 pontos
8º) Pierre Gasly, 12 pontos
9º) Kevin Magnussen, 10 pontos
10º) Max Verstappen, 8 pontos
11º) Stoffel Vandoorne, 6 pontos
12º) Marcus Ericsson, 2 pontos
13º) Carlos Sainz Junior, 1 ponto
14º) Esteban Ocon, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Ferrari, 65 pontos
2º) Mercedes, 55 pontos
3º) McLaren Renault, 22 pontos
4º) Red Bull TAG Heuer, 20 pontos
5º) Renault, 15 pontos
6º) Toro Rosso Honda, 12 pontos
7º) Haas Ferrari, 10 pontos
8º) Sauber Alfa Romeo, 2 pontos
9º) Force India Mercedes, 1 ponto

domingo, 25 de março de 2018

Sebastian Vettel vence na Austrália

Ferrari abre a temporada com vitória e liderança entre as escuderias

Com seus dois pilotos largando atrás do britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, a dupla ferrarista manteve-se próxima do atual campeão e com os problemas envolvendo a dupla da Haas, o tedesco conseguiu tomar a dianteira durante a presença do carro de segurança virtual, enquanto Kimi Raikkonen segurou o 3º posto, completando o pódio. O também finlandês, Valtteri Bottas, que bateu na última fase da classificação, teve uma atuação apagada em solo australiano, chegando apenas em 8º lugar.

A dupla da Red Bull conseguiu colocar os dois pilotos entre os seis melhores. Correndo em casa, Daniel Ricciardo ainda tentou passar Raikkonen nos últimos giros, mas sem uma chance concreta de lugar pelo último lugar no pódio, enquanto o holandês Max Verstappen teve que se recuperar de uma rodada para ser o 6º colocado, atrás do espanhol Fernando Alonso. Mesmo fora da última fase da classificação, a dupla da McLaren conseguiu colocar os dois carros entre os dois melhores. O belga ficou com a 9ª posição, somando dois pontos. Conforme as previsões da pré-temporada, a disputa pela quarta força ficou entre o time de Woking, o de Gunter Steiner e a Renault. A escuderia norte-americana foi muito bem nos testes de Barcelona e confirmou o potencial do pacote deste ano em Melbourne, com os dois competidores partindo na terceira fila, mas ambos tiveram problemas na roda traseira na hora de colocar o parafuso durantes as trocas de pneus, provocando a intervenção do safety car, influindo no destino da disputa. Os franceses também somaram pontos, com o germânico Nico Hulkenberg no 7º ponto, e o espanhol Carlos Sainz Junior fechando a zona de pontuação.

Mesmo tendo um desempenho constante nos testes na Espanha, a Honda voltou a ter problemas, deixando o francês Pierre Gasly a pé. Os japoneses não sofrerão com a Toro Rosso a mesma pressão que a McLaren, mas a Red Bull, equipe matriz, observam atentamente o desempenho dos propulsores nipônicos, de olho nos resultados.

Resultados:

Pole: Lewis Hamilton, Mercedes
Melhor Volta: Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer

Corrida:
1º) Sebastian Vettel, Ferrari
2º) Lewis Hamilton, Mercedes
3º) Kimi Raikkonen, Ferrari
4º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
5º) Fernando Alonso, McLaren Renault
6º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
7º) Nico Hulkenberg, Renault
8º) Valtteri Bottas, Mercedes
9º) Stoffel Vandoorne, McLaren Renault
10º) Carlos Sainz Junior, Renault

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Sebastian Vettel, 25 pontos
2º) Lewis Hamilton, 18 pontos
3º) Kimi Raikkonen, 15 pontos
4º) Daniel Ricciardo, 12 pontos
5º) Fernando Alonso, 10 pontos
6º) Max Verstappen, 8 pontos
7º) Nico Hulkenberg, 6 pontos
8º) Valtteri Bottas, 4 pontos
9º) Stoffel Vandoorne, 2 pontos
10º) Carlos Sainz Junior, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Ferrari, 40 pontos
2º) Mercedes, 22 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 20 pontos
4º) McLaren Renault, 12 pontos
5º) Renault, 7 pontos

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Entrevista com Mercia Maruk e Fernando Zimmermann

Vocalistas da Banda Faraway, Mercia Maruk e Fernando Zimmermann contam sobre a apresentação em eventos carnavalescos e analisam as diferenças de estilo em eventos festivos e de carnaval.

Data da entrevista: 12/2/2018
Evento: Carnaval 2018, Santo Antônio de Lisboa

Imagem: Rodrigo Lisboa

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Entrevista com Guilherme Luiz Cardozo

Guilherme Cardozo é vocalista da Banda Cruzzy e explica as particularidades de apresentações em eventos festivos e carnavais

Data da entrevista: 10/2/2018
Evento: Carnaval 2018, Santo Antônio de Lisboa

Imagem: Ederson Pires

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Grupos musicais e carnavalescos animam as comunidades

Tradição há quase 30 anos, o carnaval em Santo Antônio de Lisboa conta com a presença de blocos e grupos de diversos lugares do município.

Há pouco mais de 10 anos, o Bloco Baiacu de Alguém é a principal atração nos eventos do bairro. Mas em 2018, o grupo liderado por Nelson Brum Motta e Daniela Schneider deu uma pausa, abrindo espaço para a turma da Gambarzeira. O Gambá Xeiroso, dirigido por Juliano Borges Barcella, surgiu às pressas com a intenção de ocupar o espaço que ficou aberto para este ano. Juliano frisa que o conjunto surgiu com a ideia de não deixar a festa apenas com bandas, mantendo um grupo como atração para o evento na comunidade. No entanto, ainda considera cedo para pensar em formar um bloco carnavalesco, ainda “tem que moldar e lapidar um pouco mais para chegar a esse nível”, pontua. Integrante da bateria e nativo de Santo Antônio de Lisboa, o estudante Luan Guimarães Soares também veio do Bloco Baiacu para fazer parte do Gambá Xeiroso e cita que gosta bastante de participar da festividade junto com os amigos.

Coqueiros e Trindade também contam com as próprias atrações

Em Coqueiros, o Bloco da Minnie, criado em grande parte por moradores do Residencial Argus, desde 2012 é uma atração do bairro. A bibliotecária Adriana Cristiane Martin conta que o grupo surgiu por uma ideia de nove amigos visando juntar as pessoas para ir ao Blobo dos Sujos, no Centro. “Cada um foi chamando um amigo, um parente, e fomos crescendo”, destaca. O Engenheiro Agrônomo Cesar Freitas Ribeiro lembra sobre o início, em 2012, quando ele e os amigos se reuniram para estar entre amigos e começar a festa no bairro, antes de partir ao Centro. Adriana salienta que ainda não houveram convites para participar em outras comunidades pelo município, mas se mostra aberta a possiblidade. “Tudo aqui é pago com o nosso dinheiro, sem contribuição, é um grupo familiar”.


Bloco da Minnie
Foto: Diego Wendhausen Passos


Na Trindade, foi criado o Bloco Bagaço da Laranja, em alusão ao principal evento festivo no bairro. O funcionário público Guilherme Coelho Haviaras destacou que a ideia era um sonho antigo, como também uma forma aproximar a comunidade, e contou com o apoio de comerciantes locais e uma boa divulgação. A foliã Maria Otilia Conceição de Souza soube pela internet, enquanto o comerciante Adilson Martendal, um dos apoiadores, enfatizou a questão de criar algo para o carnaval.


Bloco Bagaço da Laranja
Foto: Diego Wendhausen Passos

Grupos citam as particularidades entre show e festas carnavalescas

Guilherme Luiz Cardozo, vocalista da Banda Cruzzy, e Mércia Maruk e Fernando Zimmermann, vocalistas da Banda Faraway, contaram sobre as diferenças de vibração que vemos em eventos como festas e shows em relação a apresentação em carnaval.

Guilherme trabalha também com o Balho e Tocata Açoriana e com o conjunto Tons de Sambaqui. Ele destaca que necessita muito jogo de cintura e acompanhar um bom feeling do público. Para o cantor, “o importante é manter o público de pé, e quando necessário, alteramos o repertório, conforme o feedback do público”. Outro destaque foi a quantidade do público e a intensidade muito maiores. “Tudo é hiper dimensionado. A carga de adrenalina é muito maior, as pessoas querem pular toda a hora, torna o evento muito diferente de todos os outros tipos de festa e de apresentação que fazemos”, finalizou.

Fernando também pontua que a vibe e a energia do público fazem a diferença no carnaval, dando uma atmosfera diferenciada. Já Mércia, complementa a intensidade ainda maior na energia do público participante, até pelo fato de ser realizado em rua no bairro de Santo Antônio de Lisboa, dando outra vibração às pessoas.

domingo, 28 de janeiro de 2018

Nascer do Sol


Foto: Luiz Augusto Macedo

Local: Praia da Joaquina, Florianópolis-SC

Composição em preto e branco, com as nuvens dando uma composição interessante a imagem do nascer do Sol, no costão da praia da Joaca.

O brilho solar passando pelas árvores no topo do morro e as nuvens parecendo um teto dão uma composição interessante a imagem.

domingo, 26 de novembro de 2017

Valtteri Bottas vence em Abu Dhabi

Finlandês encerra temporada com vitória

Mesmo vencendo a disputa em Abu Dhabi, o nórdico fecha em temporada na 3ª colocação, garantindo mais uma dobradinha para as flechas de prata, a quarta em 2017. O alemão Sebastian Vettel fez uma corrida solitária na 3ª posição, completando o pódio. O finlandês Kimi Raikkonen ficou com o 4º posto, passando o australiano Daniel Ricciardo na classificação entre os pilotos. O piloto da Red Bull voltou a enfrentar problemas mecânicos, tendo que desistir da disputa. Max Verstappen ainda chegou a ameaçar o competidor ferrarista na parte final, mas não conseguiu passar.

A Renault, mesmo sendo a 6ª equipe entre os construtores, perdeu a chance de somar mais pontos, além do 6º lugar de Nico Hulkenberg, quando liberou o espanhol Carlos Sainz Junior na 33ª volta, ao não apertar a roda do carro, forçando o hispânico a ficar pelo caminho. A dupla da Force India voltou a pontuar com os dois carros, com o mexicano Sergio Perez a frente de Esteban Ocon. Repetindo as disputas do Brasil, Fernando Alonso desta vez levou a melhor sobre o brasileiro Felipe Massa, e o asturiano superou o ex-companheiro de Ferrari após a troca de pneus de ambos. Massa se despede com um ponto da Fórmula 1, e a McLaren e a Honda desfazem a parceria após o 9º lugar do campeão de 2005 e 2006.

O principal duelo da corrida foi nas voltas iniciais, quando Romain Grosjean duelou com o canadense Lance Stroll. Fora a briga de ambos, a corrida não teve grandes lances de emoção, nem intervenção do Safety Car.

Resultados:

Pole: Valtteri Bottas, Mercedes
Melhor Volta: Valtteri Bottas, Mercedes

Corrida:
1º) Valtteri Bottas, Mercedes
2º) Lewis Hamilton, Mercedes
3º) Sebastian Vettel, Ferrari
4º) Kimi Raikkonen, Ferrari
5º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
6º) Nico Hulkenberg, Renault
7º) Sergio Perez, Force India Mercedes
8º) Esteban Ocon, Force India Mercedes
9º) Fernando Alonso, McLaren Honda
10º) Felipe Massa, Williams Mercedes

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Lewis Hamilton, 363 pontos
2º) Sebastian Vettel, 317 pontos
3º) Valtteri Bottas, 305 pontos
4º) Kimi Raikkonen, 205 pontos
5º) Daniel Ricciardo, 200 pontos
6º) Max Verstappen, 168 pontos
7º) Sergio Perez, 100 pontos
8º) Esteban Ocon, 87 pontos
9º) Carlos Sainz Junior, 54 pontos
10º) Nico Hulkenberg, 43 pontos
11º) Felipe Massa, 43 pontos
12º) Lance Stroll, 40 pontos
13º) Romain Grosjean, 28 pontos
14º) Kevin Magnussen, 19 pontos
15º) Fernando Alonso, 17 pontos
16º) Stoffel Vandoorne, 13 pontos
17º) Jolyon Palmer, 8 pontos
18º) Pascal Wehrlein, 5 pontos
19º) Daniil Kvyat, 5 pontos

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 668 pontos
2º) Ferrari, 522 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 368 pontos
4º) Force India Mercedes, 187 pontos
5º) Williams Mercedes, 83 pontos
6º) Renault, 57 pontos
7º) Toro Rosso Renault, 53 pontos
8º) Haas Ferrari, 47 pontos
9º) McLaren Honda, 30 pontos
10º) Sauber Ferrari, 5 pontos