Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 18 de setembro de 2016

Nico Rosberg vence em Cingapura

Alemão retoma a liderança no campeonato

Largando na frente e se aproveitando da melhor estratégia com os pneus, o competidor tedesco retomou a liderança no mundial de pilotos, em uma corrida mais competitiva, contando com boas atuações também de Red Bull, Ferrari e McLaren. O australiano Daniel Ricciardo arriscou nas voltas finais, assim como Lewis Hamilton e a dupla da  Ferrari, colocando compostos mais macios. O piloto rubrotaurino quase superou Nico no último giro, mas ainda foi o 2º colocado, a frente de Lewis Hamilton, que apesar de superado por Kimi Raikkonen na pista, recuperou um lugar no pódio nas trocas de pneu. Mesmo saindo no fundo do grid, Sebastian Vettel teve um ritmo muito forte, chegando na 5ª posição, atrás do colega finlandês. Max Verstappen teve uma corrida também muito movimentada, ganhando o 6º posto nas voltas finais, quando ultrapassou Fernando Alonso. A equipe de Woking poderia somar mais pontos, mas um toque entre Jenson Button e a Williams de Valtteri Bottas prejudicou a disputa para ambos, que não terminaram a prova. O asturiano cruzou a linha de chegada em 7º lugar, sem sofrer tanto com o desgaste dos compostos da Pirelli.

A Force India, apesar de perder Nico Hulkenberg ainda na largada, após tocar com Verstappen e a Toro Rosso de Daniil Kvyat, viu o mexicano Sergio Perez terminar na 8ª posição, devolvendo ao time hindu o 4º lugar entre as equipes. O russo ainda terminou em 9º, fazendo a melhor corrida depois de perder o lugar na Red Bull, somando mais dois pontos, a frente do dinamarquês Kevin Magnussen, que somou o último ponto, para a Renault. A montadora francesa não pontuava desde a Rússia. Felipe Massa chegou a andar na zona de pontuação, mas ficou apenas em 12º, a frente do outro brasileiro, Felipe Nasr, da Sauber. O brasiliense ainda busca um lugar no próximo ano, que poder ser a permanência no time de Hinwill, ou a transferência para a Renault ou substituir o compatriota na Williams, enquanto Massa é cotado para disputar a DTM (Turismo Alemão) no próximo ano.

Resultados:
Pole: Nico Rosberg, Mercedes
Melhor Volta: Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer

Corrida:
1º) Nico Rosberg, Mercedes
2º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
3º) Lewis Hamilton, Mercedes
4º) Kimi Raikkonen, Ferrari
5º) Sebastian Vettel, Ferrari
6º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
7º) Fernando Alonso, McLaren Honda
8º) Sergio Perez, Force India Mercedes
9º) Daniil Kvyat, Toro Rosso Ferrari
10º) Kevin Magnussen, Renault

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Nico Rosberg, 273 pontos
2º) Lewis Hamilton, 265 pontos
3º) Daniel Ricciardo, 179 pontos
4º) Sebastian Vettel, 153 pontos
5º) Kimi Raikkonen, 148 pontos
6º) Max Verstappen, 129 pontos
7º) Valtteri Bottas, 70 pontos
8º) Sergio Perez, 66 pontos
9º) Nico Hulkenberg, 46 pontos
10º) Felipe Massa, 41 pontos
11º) Fernando Alonso, 36 pontos
12º) Carlos Sainz Junior, 30 pontos
12º) Romain Grosjean, 28 pontos
14º) Daniil Kvyat, 25 pontos
15º) Jenson Button, 17 pontos
16º) Kevin Magnussen, 7 pontos
17º) Stoffel Vandoorne, 1 ponto
18º) Pascal Wehrlein, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 538 pontos
2º) Red Bull TAG Heuer, 316 pontos
3º) Ferrari, 301 pontos
4º) Force India Mercedes, 112 pontos
5º) Williams Mercedes, 111 pontos
6º) McLaren Honda, 54 pontos
7º) Toro Rosso Ferrari, 47 pontos
8º) Haas Ferrari, 28 pontos
9º) Renault, 6 pontos
10º) Manor Mercedes,1 ponto

domingo, 4 de setembro de 2016

Nico Rosberg vence na Itália

Alemão se aproveita da boa largada para embolar a disputa pelo título

Largando bem, Nico se aproveitou da má largada de Lewis Hamilton para vencer tranquilamente em solo italiano. O britânico caiu para 6º lugar, superou a Red Bull de Daniel Ricciardo e a Williams de Valtteri Bottas na pista, enquanto superou a dupla da Ferrari após a única troca de pneus da equipe Mercedes. Correndo em casa, a escuderia de Maranello conseguiu chegar atrás da dupla da Mercedes, com Sebastian Vettel completando o pódio. Os competidores ferraristas andaram bem em Monza, sem ameaçar o domínio da Mercedes, sendo com tranquilidade a segunda força do final de semana.

Aproveitando-se da potência do motor Mercedes, a Williams teve um bom resultado em Monza. Valtteri Bottas ficou na 6ª posição, superado por Ricciardo nas voltas finais, enquanto Felipe Massa, que anunciou a despedida da Fórmula 1 neste ano na última quinta, somou mais dois pontos, devolvendo o time inglês ao 4º lugar no mundial de construtores. Os rubrotaurinos, que não contam com um motor forte para circuitos de alta velocidade, ainda viram o holandês Max Verstappen terminar com o 7º posto. A Force India também conseguiu levar os dois pilotos aos pontos. O mexicano Sergio Perez cruzou a linha de chegada na 8ª colocação, enquanto o alemão Nico Hulkenberg ainda somou um ponto. Apesar da pouca eficiência do propulsor japonês, e mesmo fora dos pontos, o espanhol Fernando Alonso ainda fez a volta mais rápida da disputa. Na próxima etapa, em Cingapura, a McLaren e a Honda terão mais chances de pontuar, já que o circuito asiático contará mais o conjunto aerodinâmico.

Resultados:
Pole: Lewis Hamilton, Mercedes
Melhor Volta: Fernando Alonso, McLaren Honda

Corrida:
1º) Nico Rosberg, Mercedes
2º) Lewis Hamilton, Mercedes
3º) Sebastian Vettel, Ferrari
4º) Kimi Raikkonen, Ferrari
5º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
6º) Valtteri Bottas, Williams Mercedes
7º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
8º) Sergio Perez, Force India Mercedes
9º) Felipe Massa, Williams Mercedes
10º) Nico Hulkenberg, Force India Mercedes

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Lewis Hamilton, 250 pontos
2º) Nico Rosberg, 248 pontos
3º) Daniel Ricciardo, 161 pontos
4º) Sebastian Vettel, 143 pontos
5º) Kimi Raikkonen, 136 pontos
6º) Max Verstappen, 121 pontos
7º) Valtteri Bottas, 70 pontos
8º) Sergio Perez, 62 pontos
9º) Nico Hulkenberg, 46 pontos
10º) Felipe Massa, 41 pontos
11º) Fernando Alonso, 30 pontos
12º) Carlos Sainz Junior, 30 pontos
12º) Romain Grosjean, 28 pontos
14º) Daniil Kvyat, 23 pontos
15º) Jenson Button, 17 pontos
16º) Kevin Magnussen, 6 pontos
17º) Stoffel Vandoorne, 1 ponto
18º) Pascal Wehrlein, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 498 pontos
2º) Red Bull TAG Heuer, 290 pontos
3º) Ferrari, 279 pontos
4º) Williams Mercedes, 111 pontos
5º) Force India Mercedes, 108 pontos
6º) McLaren Honda, 48 pontos
7º) Toro Rosso Ferrari, 45 pontos
8º) Haas Ferrari, 28 pontos
9º) Renault, 6 pontos
10º) Manor Mercedes,1 ponto

domingo, 28 de agosto de 2016

Nico Rosberg vence na Bélgica

Aproveitando-se das punições do rival, piloto alemão fatura em Spa-Francorshamps e volta a diminuir a diferença na classificação

Largando na frente, o tedesco Nico Rosberg esteve livre de qualquer problema para seguir firme para vencer em solo belga, mantendo-se na disputa pelo título. Daniel Ricciardo também se deu bem, levando vantagem dos problemas na primeira curva, quando Max Verstappen teve a asa dianteira quebrada, após ser tocado por Kimi Raikkonen, que chegou a cair para último, mas ainda assim, terminou nos pontos. Lewis Hamilton, mesmo saindo da última fila, ainda completou o pódio.

Em uma prova tumultuada até as 10 primeiras voltas, após o acidente do dinamarquês Kevin Magnussen, quando perdeu o controle do Renault na saída da Eau Rouge, batendo forte na curva da água vermelha, paralisando a disputa. Após o retorno a corrida, a prova se tornou bem disputada. A dupla da Force India foi muito bem, levando os dois carros entre os cinco melhores, com o germânico Nico Hulkenberg na 4ª colocação, e o mexicano Sergio Perez em 5º lugar, levando a equipe de Villay Mallya entre as quatro melhores entre os construtores, passando a Williams na classificação. O time de Grove ainda levou os dois pilotos aos pontos, com o finlandês Valtteri Bottas ficou com o 8º posto, enquanto Felipe Massa, que perdeu rendimento nas últimas voltas, somou o último ponto. A dupla da Ferrari ainda conseguiu chegar entre os nove melhores. Sebastian Vettel melhorou na parte final, chegando na 6ª posição, enquanto Kimi Raikkonen ficou em 9º, levando mais dois pontos para a escuderia de Maranello. A McLaren voltou a pontuar, mesmo com Jenson Button sendo atingido pela Manor de Pascal Wehrlein, ainda viu o espanhol Fernando Alonso ser 7º colocado, mesmo com o asturiano saindo da última posição no grid. Com o retorno a corrida, o competidor ibérico conseguiu um ritmo regular e aproveitou dos problemas enfrentados pelos adversários, mostrando uma pequena evolução do time de Woking, agora em 6º entre as equipes.

Resultados:
Pole: Nico Rosberg, Mercedes
Melhor Volta: Lewis Hamilton, Mercedes

Corrida:
1º) Nico Rosberg, Mercedes
2º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
3º) Lewis Hamilton, Mercedes
4º) Nico Hulkenberg, Force India Mercedes
5º) Sergio Perez, Force India Mercedes
6º) Sebastian Vettel, Ferrari
7º) Fernando Alonso, McLaren Honda
8º) Valtteri Bottas, Williams Mercedes
9º) Kimi Raikkonen, Ferrari
10º) Felipe Massa, Williams Mercedes

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Lewis Hamilton, 232 pontos
2º) Nico Rosberg, 223 pontos
3º) Daniel Ricciardo, 151 pontos
4º) Sebastian Vettel, 128 pontos
5º) Kimi Raikkonen, 124 pontos
6º) Max Verstappen, 115 pontos
7º) Valtteri Bottas, 62 pontos
8º) Sergio Perez, 58 pontos
9º) Nico Hulkenberg, 45 pontos
10º) Felipe Massa, 39 pontos
11º) Fernando Alonso, 30 pontos
12º) Carlos Sainz Junior, 30 pontos
12º) Romain Grosjean, 28 pontos
14º) Daniil Kvyat, 23 pontos
15º) Jenson Button, 17 pontos
16º) Kevin Magnussen, 6 pontos
17º) Stoffel Vandoorne, 1 ponto
18º) Pascal Wehrlein, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 455 pontos
2º) Red Bull TAG Heuer, 274 pontos
3º) Ferrari, 252 pontos
4º) Force India Mercedes, 103 pontos
5º) Williams Mercedes, 101 pontos
6º) McLaren Honda, 48 pontos
7º) Toro Rosso Ferrari, 45 pontos
8º) Haas Ferrari, 28 pontos
9º) Renault, 6 pontos
10º) Manor Mercedes,1 ponto

domingo, 31 de julho de 2016

Lewis Hamilton vence na Alemanha

Britânico volta a se aproveitar de boa largada para novamente chegar na frente

Mesmo largando na liderança, Nico Rosberg não soube aproveitar a vantagem obtida na classificação, perdendo a dianteira ainda na primeira curva, sendo ultrapassado também pela dupla da Red Bull. Na primeira parte da corrida, Max Verstappen ficou atrás do inglês, mas após as paradas nos boxes, o australiano Daniel Ricciardo passou o holandês, mantendo-se como vice-líder até a bandeirada final. Verstappen ainda foi ultrapassado por Rosberg, mas o piloto alémão teve que aguardar mais cinco segundos por ter forçado ultrapassagem em uma manobra sobre o rival neerlandês, chegando a tirar o rubrotaurino da pista. Com isso, caiu para o 4° lugar, atrás dos carros austríacos, que passaram a Ferrari no mundial de construtores.

A Ferrari correu solitária como a 3ª força em Hockenheim. Sebastian Vettel ficou com o 5° posto, a frente do companheiro de equipe, Kimi Raikkonen. As principais atrações nas voltas finais aconteceram devido ao desgaste de pneus nos carros de Valtteri Bottas e Fernando Alonso. O finlandês foi ultrapassado pelo tedesco Nico Hulkenberg e pela McLaren de Jenson Button, ficando apenas com a 9ª posição. O asturiano corria tranquilo próximo do colega de equipe, mas perdeu muito tempo ao ser ultrapassado pelos carros da Red Bull e da Mercedes, sendo apenas o 12° colocado, superado também pelo mexicano Esteban Gutierrez, da Haas. Sergio Perez completou os pontos, deixando a Force India ainda mais perto da Williams na classificação, que ainda conta com um pequeno crescimento da McLaren, deixando em aberto a disputa pela 4° lugar no campeonato de construtores.

Resultados:
Pole: Nico Rosberg, Mercedes
Melhor Volta: Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer

Corrida:
1º) Lewis Hamilton, Mercedes
2º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
3º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
4º) Nico Rosberg, Mercedes
5º) Sebastian Vettel, Ferrari
6º) Kimi Raikkonen, Ferrari
7º) Nico Hulkenberg, Force India Mercedes
8º) Jenson Button, McLaren Honda
9º) Valtteri Bottas, Williams Mercedes
10º) Sergio Perez, Force India Mercedes

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Lewis Hamilton, 217 pontos
2º) Nico Rosberg, 198 pontos
3º) Daniel Ricciardo, 133 pontos
4º) Kimi Raikkonen, 122 pontos
5º) Sebastian Vettel, 120 pontos
6º) Max Verstappen, 115 pontos
7º) Valtteri Bottas, 58 pontos
8º) Sergio Perez, 48 pontos
9º) Felipe Massa, 38 pontos
10º) Nico Hulkenberg, 33 pontos
11º) Carlos Sainz Junior, 30 pontos
12º) Romain Grosjean, 28 pontos
13º) Fernando Alonso, 24 pontos
14º) Daniil Kvyat, 23 pontos
15º) Jenson Button, 17 pontos
16º) Kevin Magnussen, 6 pontos
17º) Stoffel Vandoorne, 1 ponto
18º) Pascal Wehrlein, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 415 pontos
2º) Red Bull TAG Heuer, 256 pontos
3º) Ferrari, 242 pontos
4º) Williams Mercedes, 96 pontos
5º) Force India Mercedes, 81 pontos
6º) Toro Rosso Ferrari, 45 pontos
7º) McLaren Honda, 42 pontos
8º) Haas Ferrari, 28 pontos
9º) Renault, 6 pontos
10º) Manor Mercedes,1 ponto

domingo, 24 de julho de 2016

Lewis Hamilton vence na Hungria

Britânico assume liderança no mundial

Líder desde a largada, o inglês perdeu a dianteira apenas quando parou para trocar pneus, mantendo a frente mesmo nas voltas finais, quando o companheiro de equipe, Nico Rosberg, aproximou-se do novo líder do campeonato, sem conseguir tirar de Lewis a vitória em solo magiar.

Outra disputa forte na pista húngara, foi entre as duplas da Ferrari e Red Bull. Os pilotos rubrotaurinos levaram a melhor. O australiano Daniel Ricciardo segurou o alemão Sebastian Vettel para completar o pódio, com a 3ª colocação. No outro duelo, Kimi Raikkonen saiu do 14º lugar no grid, optando por uma estratégia diferente, mas não conseguiu superar o holandês Max Verstappen, cruzando a linha de chegada no 6º posto. A disputa entre ambos foi a grande atração da parte final da disputa.

A quarta força durante todo o final de semana foi a McLaren. Fernando Alonso terminou na 7ª posição, enquanto Jenson Button, que provavelmente disputaria com o 8º colocado, o espanhol Carlos Sainz Junior, da Toro Rosso, abandonou com problemas no pedal de freio. O britânico vem sendo assunto fora das pistas nos últimos dias, como provável substituto de Felipe Massa na Williams. O time de Sir Frank voltou a ter uma atuação discreta, com Valtteri Bottas em 9º lugar, enquanto o brasileiro Massa bateu na classificação, conseguindo um resultado ruim na corrida, terminando apenas no 18º posto. A Force India fechou a zona de pontuação, aproveitando-se de um erro do inglês Jolyon Palmer, da Renault, para ficar com a 10ª posição. O filho do ex-piloto e médico Jonathan Palmer derrapou tentando alcançar o finlandês Bottas, mas caiu para o pelotão intermediário.

Resultados:
Pole: Lewis Hamilton, Mercedes
Melhor Volta: Kimi Raikkonen, Ferrari

Corrida:
1º) Lewis Hamilton, Mercedes
2º) Nico Rosberg, Mercedes
3º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
4º) Sebastian Vettel, Ferrari
5º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
6º) Kimi Raikkonen, Ferrari
7º) Fernando Alonso, McLaren Honda
8º) Carlos Sainz Junior, Toro Rosso Ferrari
9º) Valtteri Bottas, Williams Mercedes
10º) Nico Hulkenberg, Force India Mercedes

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Lewis Hamilton, 192 pontos
2º) Nico Rosberg, 186 pontos
3º) Daniel Ricciardo, 115 pontos
4º) Kimi Raikkonen, 114 pontos
5º) Sebastian Vettel, 110 pontos
6º) Max Verstappen, 100 pontos
7º) Valtteri Bottas, 56 pontos
8º) Sergio Perez, 47 pontos
9º) Felipe Massa, 38 pontos
10º) Carlos Sainz Junior, 30 pontos
11º) Romain Grosjean, 28 pontos
12º) Nico Hulkenberg, 27 pontos
13º) Fernando Alonso, 24 pontos
14º) Daniil Kvyat, 23 pontos
15º) Jenson Button, 13 pontos
16º) Kevin Magnussen, 6 pontos
17º) Stoffel Vandoorne, 1 ponto
18º) Pascal Wehrlein, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 378 pontos
2º) Ferrari, 224 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 223 pontos
4º) Williams Mercedes, 94 pontos
5º) Force India Mercedes, 74 pontos
6º) Toro Rosso Ferrari, 45 pontos
7º) McLaren Honda, 38 pontos
8º) Haas Ferrari, 28 pontos
9º) Renault, 6 pontos
10º) Manor Mercedes,1 ponto

domingo, 10 de julho de 2016

Lewis Hamilton vence na Inglaterra

Britânico vence diante da torcida e se aproxima de Nico Rosberg na disputa pelo título

Liderando a disputa desde a largada, iniciada com o safety car, Hamilton perdeu a dianteira apenas na segunda passagem pelos boxes. Rosberg ainda superou o holandês Max Verstappen para chegar ao 2º posto, enquanto o competidor da Red Bull completou o pódio, mas o competidor tedesco teve um acréscimo de 10 segundos no tempo final de corrida, caindo para 3º lugar, por causa de mensagens de rádio e orientações proibidas pelo regulamento. Os quatro carros rubrotaurinos somaram pontos. Daniel Ricciardo foi o 4º colocado, enquanto a dupla da Toro Rosso cruzou a linha de chegada com Carlos Sainz Junior em 8º lugar, e o russo Daniil Kvyat ficou com a 10ª posição.

A Ferrari não teve um desempenho bom em Silverstone. Kimi Raikkonen, de contrato renovado para o próximo ano, superou o mexicano Sergio Perez nas voltas finais para ficar com a 5ª colocação, a frente dos carros da Force India. o mexicano ainda ficou a frente do alemão Nico Hulkenberg. Sebastian Vettel teve uma corrida difícil depois de perder cinco posições por causa da troca de câmbio, somando apenas dois pontos.

As decepções voltaram a ser a McLaren e a Williams. A escuderia de Woking continua trabalhando duro, enquanto o motor Honda evolui a passos muito lentos, insuficiente para uma outrora grande equipe da Fórmula 1. Fernando Alonso rodou enquanto tentava superar Felipe Massa, perdendo qualquer chance de pontuar. O time de Grove, mesmo com os motores Mercedes, vem caindo gradativamente, cada vez mais ameaçada de perder até a 4ª colocação entre as equipes. Felipe Massa ficou em 11º, enquanto o finlandês Valtteri Bottas, que até foi bem na classificação, fez uma corrida apagada.

Resultados:
Pole: Lewis Hamilton, Mercedes
Melhor Volta: Nico Rosberg, Mercedes

Corrida:
1º) Lewis Hamilton, Mercedes
2º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
3º) Nico Rosberg, Mercedes
4º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
5º) Kimi Raikkonen, Ferrari
6º) Sergio Perez, Force India Mercedes
7º) Nico Hulkenberg, Force India Mercedes
8º) Carlos Sainz Junior, Toro Rosso Ferrari
9º) Sebastian Vettel, Ferrari
10º) Daniil Kvyat, Toro Rosso Ferrari

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Nico Rosberg, 168 pontos
2º) Lewis Hamilton, 167 pontos
3º) Kimi Raikkonen, 106 pontos
4º) Daniel Ricciardo, 100 pontos
5º) Sebastian Vettel, 98 pontos
6º) Max Verstappen, 90 pontos
7º) Valtteri Bottas, 54 pontos
8º) Sergio Perez, 47 pontos
9º) Felipe Massa, 38 pontos
10º) Romain Grosjean, 28 pontos
11º) Nico Hulkenberg, 26 pontos
12º) Carlos Sainz Junior, 26 pontos
13º) Daniil Kvyat, 23 pontos
14º) Fernando Alonso, 18 pontos
15º) Jenson Button, 13 pontos
16º) Kevin Magnussen, 6 pontos
17º) Stoffel Vandoorne, 1 ponto
18º) Pascal Wehrlein, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 335 pontos
2º) Ferrari, 204 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 198 pontos
4º) Williams Mercedes, 92 pontos
5º) Force India Mercedes, 73 pontos
6º) Toro Rosso Ferrari, 41 pontos
7º) McLaren Honda, 32 pontos
8º) Haas Ferrari, 28 pontos
9º) Renault, 6 pontos
10º) Manor Mercedes,1 ponto

domingo, 3 de julho de 2016

Lewis Hamilton vence na Áustria

Britânico volta a vencer a ainda contou com a sorte na etapa austríaca

Largando na pole e contando com a punição do companheiro de equipe e líder do campeonato, Nico Rosberg, Hamilton abriu uma boa vantagem na liderança, contando também com a boa largada de Jenson Button, que segurou a Ferrari de Kimi Raikkonen por algumas voltas. Novamente a Ferrari conseguiu ficar mais tempo na pista, deixando Sebastian Vettel na dianteira após as passagens pelos boxes. Porém os pneus do competidor tedesco não aguentaram e estouraram em plena reta, tirando o ferrarista da disputa, deixando a dupla das flechas de prata na ponta, causando a única intervenção do safety car na pista.

Com a saída do carro de segurança, continuaram as disputas, principalmente no meio do pelotão. Felipe Nasr conseguiu ficar por várias voltas na pista, segurando vários pilotos, e, após superado por Valtteri Bottas e Jenson Button, o nórdico e o inglês se consolidaram na disputa pelo 6º posto, mas o campeão de 2009 ganhou a colocação, quando o finlandês foi trocar pneus. A Force India não teve um bom dia. Nico Hulkenberg, mesmo saindo na 2ª posição, parou nas voltas finais por problemas no carro, enquanto o mexicano Sergio Perez bateu na última volta após um pneu furado, possivelmente após o toque entre as Mercedes de Hamilton e Rosberg. A vitória foi definida no último giro, após um toque entre os líderes do campeonato, e Nico saiu com a asa quebrada, caindo para o 4º lugar, ficando inclusive fora do pódio. O atual campeão saiu com o carro inteiro e venceu a disputa, enquanto Max Verstappen, mais uma vez segurou a pressão de Kimi Raikkonen, para dividirem com o inglês o pódio. Ricciardo ainda parou faltando algumas voltas, mas ainda retomou de Button a 5ª colocação. A McLaren poderia levar os dois carros aos pontos, mas Fernando Alonso ficando pelo caminho no final, por problemas. Carlos Sainz Junior somou mais quatro pontos para a Toro Rosso. A equipe de Woking, apesar do motor ruim, conseguiu um resultado positivo na Áustria.

A Williams não foi bem na Áustria. Felipe Massa também não cruzou a linha de chegada, enquanto Valtteri Bottas ainda salvou dois pontos para a escuderia de Grove, quase sendo ultrapassado pela Manor do alemão Pascal Wehrlein, que fechou a zona de pontuação, quase superando o escandinavo a pista. Junto com Stoffel Vandoorne, que correu apenas no Bahrein, o germânico é uma das revelações da temporada.

Resultados:
Pole: Lewis Hamilton, Mercedes
Melhor Volta: Lewis Hamilton, Mercedes

Corrida:
1º) Lewis Hamilton, Mercedes
2º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
3º) Kimi Raikkonen, Ferrari
4º) Nico Rosberg, Mercedes
5º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
6º) Jenson Button, McLaren Honda
7º) Romain Grosjean, Haas Ferrari
8º) Carlos Sainz Junior, Toro Rosso Ferrari
9º) Valtteri Bottas, Williams Mercedes
10º) Pascal Wehrlein, Manor Mercedes

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Nico Rosberg, 153 pontos
2º) Lewis Hamilton, 142 pontos
3º) Sebastian Vettel, 96 pontos
4º) Kimi Raikkonen, 96 pontos
5º) Daniel Ricciardo, 88 pontos
6º) Max Verstappen, 72 pontos
7º) Valtteri Bottas, 54 pontos
8º) Sergio Perez, 39 pontos
9º) Felipe Massa, 38 pontos
10º) Romain Grosjean, 28 pontos
11º) Daniil Kvyat, 22 pontos
12º) Carlos Sainz Junior, 22 pontos
13º) Nico Hulkenberg, 20 pontos
14º) Fernando Alonso, 18 pontos
15º) Jenson Button, 13 pontos
16º) Kevin Magnussen, 6 pontos
17º) Stoffel Vandoorne, 1 ponto
18º) Pascal Wehrlein, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 295 pontos
2º) Ferrari, 192 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 168 pontos
4º) Williams Mercedes, 92 pontos
5º) Force India Mercedes, 59 pontos
6º) Toro Rosso Ferrari, 36 pontos
7º) McLaren Honda, 32 pontos
8º) Haas Ferrari, 28 pontos
9º) Renault, 6 pontos
10º) Manor Mercedes,1 ponto

domingo, 19 de junho de 2016

Nico Rosberg vence no Azerbaijão

Piloto alemão vence tranquilamente e volta ampliar vantagem na liderança

Com uma atuação tranquila e impecável, o competidor tedesco ganhou com sobras em Baku, além de voltar a fazer outro grand chelem, novamente em pista da antiga república soviética, faturando pole, volta mais rápida e liderando toda a corrida, contando também com um final de semana difícil do companheiro de equipe e rival, o inglês Lewis Hamilton, que foi apenas o 5º colocado. As duas Ferraris ficaram entre os quatro melhores. Sebastian Vettel ficou na 2ª posição, enquanto Kimi Raikkonen, mesmo punido com o acréscimo de cinco segundos no tempo final da prova, ficou com o 4º posto, superado pelo Force India do mexiano Sergio Perez na volta final, voltando ao pódio depois de duas corridas. Os indianos ainda somaram mais dois pontos com o germânico Nico Hulkenberg, que foi ultrapassado pelos carros da Red Bull na última parte da disputa.

A etapa foi bem movimentada, com diversas estratégias. Até a McLaren, que ainda não tem motor e continua prometendo um dia vencer, chegou perto dos pontos, mas o impotente propulsor nipônico, que além de não funcionar, falha muito, mesmo com Jenson Button cruzando a linha de chegada na 11ª colocação, enquanto Fernando Alonso não terminou a prova. A Red Bull, que andou bem nos treinos, parou duas vezes para trocar pneus, mas ambos pilotos ainda recuperaram terreno. O australiano Daniel Ricciardo e o holandês Max Verstappen ficaram em 7º e 8º, apesar de bom desempenho nas tomadas de classificação. Os dois carros da Williams também pontuaram. O finlandês Valtteri Bottas terminou em um solitário 6º lugar, enquanto o brasileiro Felipe Massa fechou a zona de pontuação.

Resultados:
Pole: Nico Rosberg, Mercedes
Melhor Volta: Nico Rosberg, Mercedes

Corrida:
1º) Nico Rosberg, Mercedes
2º) Sebastian Vettel, Ferrari
3º) Sergio Perez, Force India Mercedes
4º) Kimi Raikkonen, Ferrari
5º) Lewis Hamilton, Mercedes
6º) Valtteri Bottas, Williams Mercedes
7º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
8º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
9º) Nico Hulkenberg, Force India Mercedes
10º) Felipe Massa, Williams Mercedes

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Nico Rosberg, 141 pontos
2º) Lewis Hamilton, 117 pontos
3º) Sebastian Vettel, 96 pontos
4º) Kimi Raikkonen, 81 pontos
5º) Daniel Ricciardo, 78 pontos
6º) Max Verstappen, 54 pontos
7º) Valtteri Bottas, 52 pontos
8º) Sergio Perez, 39 pontos
9º) Felipe Massa, 38 pontos
10º) Daniil Kvyat, 22 pontos
11º) Romain Grosjean, 22 pontos
12º) Nico Hulkenberg, 20 pontos
13º) Fernando Alonso, 18 pontos
14º) Carlos Sainz Junior, 18 pontos
15º) Kevin Magnussen, 6 pontos
16º) Jenson Button, 5 pontos
17º) Stoffel Vandoorne, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 258 pontos
2º) Ferrari, 177 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 140 pontos
4º) Williams Mercedes, 90 pontos
5º) Force India Mercedes, 59 pontos
6º) Toro Rosso Ferrari, 32 pontos
7º) McLaren Honda, 24 pontos
8º) Haas Ferrari, 22 pontos
9º) Renault, 6 pontos

domingo, 12 de junho de 2016

Lewis Hamilton vence no Canadá

Vitória do piloto inglês deixa disputa pela liderança aberta

Mesmo perdendo a dianteira para Sebastian Vettel na largada, Hamilton conseguiu recuperar a liderança após as trocas de pneus, com a Mercedes optando por uma passagem a menos pelos pits. Vettel tentou se aproximar do carro prateado, mas não foi além do 2º posto. O finlandês Valtteri Bottas foi muito bem e repetiu o pódio obtido ano passado, com uma atuação regular.

Nico Rosberg teve uma corrida movimentada. Após tocar com Hamilton ainda na primeira curva, caiu para o bloco intermediário e teve dificuldades para ultrapassar a Force India, também com os propulsores alemães. Nas voltas finais, o líder do campeonato superou a Ferrari de Kimi Raikkonen, mas não conseguiu passar a Red Bull de Max Verstappen, rodando no penúltimo giro, mas ainda garantiu o 5º lugar. O companheiro de equipe do holandês chegou na 7ª posição, o australiano Daniel Ricciardo. A dupla da Force India também somou pontos, com o alemão Nico Hulkenberg em 8º, enquanto o mexicano Sergio Perez fechou a zona de pontuação. O espanhol Carlos Sainz Junior, da Toro Rosso, 9º colocado, também pontuou.

Na próxima semana, apesar da longa distância, a Fórmula 1 irá pela primeira vez ao Azerbaijão, no circuito de Baku.

Resultados:

Pole: Lewis Hamilton, Mercedes
Melhor Volta: Nico Rosberg, Mercedes

Corrida:
1º) Lewis Hamilton, Mercedes
2º) Sebastian Vettel, Ferrari
3º) Valtteri Bottas, Williams Mercedes
4º) Max Verstappen, Red Bull TAG Heuer
5º) Nico Rosberg, Mercedes
6º) Kimi Raikkonen, Ferrari
7º) Daniel Ricciardo, Red Bull TAG Heuer
8º) Nico Hulkenberg, Force India Mercedes
9º) Carlos Sainz Junior, Toro Rosso Ferrari
10º) Sergio Perez, Force India Mercedes

Classificação

Mundial de Pilotos
1º) Nico Rosberg, 116 pontos
2º) Lewis Hamilton, 107 pontos
3º) Sebastian Vettel, 78 pontos
4º) Daniel Ricciardo, 72 pontos
5º) Kimi Raikkonen, 69 pontos
6º) Max Verstappen, 50 pontos
7º) Valtteri Bottas, 44 pontos
8º) Felipe Massa, 37 pontos
9º) Sergio Perez, 24 pontos
10º) Daniil Kvyat, 22 pontos
11º) Romain Grosjean, 22 pontos
12º) Nico Hulkenberg, 18 pontos
13º) Fernando Alonso, 18 pontos
14º) Carlos Sainz Junior, 18 pontos
15º) Kevin Magnussen, 6 pontos
16º) Jenson Button, 5 pontos
17º) Stoffel Vandoorne, 1 ponto

Mundial de Construtores
1º) Mercedes, 223 pontos
2º) Ferrari, 147 pontos
3º) Red Bull TAG Heuer, 130 pontos
4º) Williams Mercedes, 81 pontos
5º) Force India Mercedes, 42 pontos
6º) Toro Rosso Ferrari, 32 pontos
7º) McLaren Honda, 24 pontos
8º) Haas Ferrari, 22 pontos
9º) Renault, 6 pontos